Quarto Montessoriano


O impulso dos adultos é preparar o quarto dos seus filhos para uso próprio. Pensamos na funcionalidade de tirar e colocar do berço, de trocar fraldas, no momento da amamentação. Normalmente não pensamos em quem é o dono do quarto.
 
Hoje em dia com a ampliação da divulgação do método pedagógico criado pela Maria Montessori, muitos papais e mamães tem mudado sua ótica na hora de idealizar o quarto dos seus bebês. Mas quais são as diferenças?
 
A primeira e a mais importante é que nesse tipo de quarto Montessori não há berços. A cama é sempre junto ao chão para que o bebê, e mais tarde a criança, tenha livre acesso ao seu quarto. Possa entrar e sair da cama e interagir com seu espaço livremente. E para evitar que o bebê role da cama enquanto dorme, almofadas podem ser utilizadas para proteção no contorno do colchão.
 
Outro ponto importante é um espelho acessível ao olhar do bebê para que desde sempre ele possa se ver e se reconhecer. Além de proporcionar uma experiência sensorial, esse elemento ajuda o bebê a se entender como individuo independente de sua mãe. Junto ao espelho é muito interessante instalar uma barra de apoio que auxilia o bebê quando chega o momento de ficar em pé para começar a andar.
 
Uma característica fundamental de qualquer espaço montessoriano é a funcionalidade, portanto deve ter tantos elementos quantos estejam em uso. Dessa forma, os brinquedos nunca estão disponíveis em excesso. Mesmo que a criança tenha muitos brinquedos, além de sua capacidade de uso, cabe aos pais/ cuidadores organizarem um rodízio sempre deixando acessíveis apenas os brinquedos que estão em voga.
 
A decoração é outro item que deve ser pensado sob a ótica do dono do quarto. E desejável que haja um cantinho para estimular a leitura com livros ao alcance da criança. Esse cantinho pode ter almofadões, pufes ou mesa com cadeira para que os pequenos possam curtir com conforto o momento de ler. Os quadros e objetos de decoração devem ser baixos para que possam ser vistos e promovam interação. Assim como as estantes de brinquedos, o armário de roupas deve ser baixo e com quantidade de roupas suficiente para o uso. Todo o mobiliário do quarto deve ter o tamanho adequado para ser utilizado e apropriado pela criança.
 
O quarto de uma criança, na visão da Maria Montessori, deve sempre ser preparado para ela. Deve propiciar e estimular a criatividade, autonomia e o desenvolvimento de forma que a criança cresça se tornando um individuo independente e seguro, explorando livremente o seu espaço. 

Siga-nos: